Categorias
Liberdade Sem categoria

A mão de um escritor

Vejo na escrita uma forma de expressar o que o coração senti e não fala. É na escrita onde desabrocho os segredos do coração.

Há quem só fala com as escritas! Como aquela carta de amor; Como que dentro de um envelope pode caber uma vida? A escrita tem o poder de nos permitir imaginar o cenário e de vive-lá. É na escrita onde muitos se refugiam, pois ali consigo ser quem eu quiser.

E assim vou desenhando as letras, assim como um arquiteto desenha o seu projecto, até que forme uma palavra; as palavras por sua vez se formam frases e ganham significado, dando vida as escritas.