Dias Cinzentos

-Chegou a hora; dizia ela com rios de lágrimas no rosto. Um adeus mudo rompeu no fundo do peito; podia ser um até já, mas sabíamos que nesta vida jamais nos encontraríamos. Essa pessoa que se encontrava ali, com a cara pálida estava num sono profundo; o seus cabelos grisalhos transbordava a sabedoria e asContinue a ler “Dias Cinzentos”